Cotidiano na cidade

Na cidade em que tudo é possível, há figuras quase improváveis junto a outras tão comuns!

Minha proposta é trazer para o blog minha percepção a respeito dessas pessoas diferentes da maioria, em lugares comuns, ou de outras aparentemente comuns, em lugares que se destacam por alguma característica própria, sua, imanente.  Pretendo também postar alguns relatos em prosa poética, ou mesmo poemas escancarados, sempre mirando acontecimentos que envolvam todos nós, seres humanos. Acredito que meu olhar seja o do observador benevolente, que pouco acrescenta de seu à cena sentida, muito mais do que apenas vista, embora seja quase impossível separar meu mundo particular daquele que me cerca, tornando-me evidente, em muitos casos, em sinais deixados nas entrelinhas do texto .

Com o tempo, as coisas e intenções podem se modificar, e então o rumo será ditado pelo imprevisível, sempre pronto a colaborar para que se quebre a monotonia e a horizontalidade da vida regrada e rotineira.

Que bons ventos me levem, portanto, a navegar!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Sem categoria

Uma resposta para “Cotidiano na cidade

  1. Pedretti

    Gostei, e muito!!!
    Suas palavras invadiram os meus ouvidos e olhos, ouvi os trovões e vi a mendiga.
    Quem sabe um dia não façamos uma parceria? Uma mesma cena, dois olhares, duas formas de descrever.
    Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s